Páginas

21 de jul de 2014

O Teorema Katherine

Editora: Intrinseca
Edição: 6
Páginas: 304
Ano de lançamento: 2013


Sinopse:Após o mais recente e traumático pé na bunda, o Colin que só namora Katherines resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.





Resenha: Já é a segunda vez que leio esse livro, nunca gostei muito mas resolvi fazer a resenha agora. 

Bom, como eu não fiquei muito fã desse livro, vamos falar do lado bom, pra não desanimar vocês haha. 
Collin é um garoto "nerd" que não faz nada alem de guardar as ultimas palavras de pessoas mortas, fazer anagramas e namorar Katherines, como o próprio Collin diz  "não são Katies, nem Kats, nem Cathys, nem Kates, nem - Deus o livre - Catherines", São Katherines!!
E assim depois de levar um pé na bunda de sua 19° Katherine, ele sai mundo afora (exagerada). Collin e Hassan vão parar em Gutshot. E lá eles acabam encontrando a chave para o problema de Collin, uma garota chamanda Lindsey, por quem Collin começa a se apaixonar. Lindsey ajuda Collin a terminar seu Teorema, mas Collin não sabia que seria tão difícil assim, mas conseguiu.
Enfim, a historia continua sendo muito boa e encantadora, com personagens muito diferentes uns dos outros, cada um com seu jeitinho e defeitos, nós conseguimos aprender um pouco com cada um.



A gente podia, não podia? Seguir em frente.






Nenhum comentário:

Postar um comentário