Páginas

30 de ago de 2014

Quem é você, Alasca?



Editora: Intrinseca
Edição: 1
Páginas: 240
Ano de lançamento: 2010

Sinopse: Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez". 


Resenha: Não curti a historia, achei cansativo, muita enrolação e na metade do livro já me decepcionou completamente, fiquei com a sensação de que a historia acaba na metade.

A elaboração da história e da mensagem a ser passada poderia ser feita de forma menos vulgar e menos estúpida, já que em certas vezes a Alasca age de forma grosseira e dedutiva, como se os amigos tivessem uma “obrigação” de entender o que ela quis dizer com suas frases incompletas.

Comecei a sentir raiva dos personagens, Alasca por ela ter se matado, a procura do seu talvez, e de Chip e Gordo por ficarem o resto do livro procurando um porque de Alasca ter se matado.
Perguntamos então, o que seria antes ou depois? O que há depois do labirinto? Afinal, quem é você, Alasca?!


Não era o bastante ser seu último beijo. Eu queria ser seu ultimo amor. Mas sabia que não era.

– Quem é você Alasca?




Nenhum comentário:

Postar um comentário