Páginas

11 de dez de 2014

O menino dos fantoches de Varsóvia

Editora: Novo Conceito
Edição: 1
Páginas: 400
Ano de lançamento: 2014


Sinopse: Mesmo diante de uma vida extremamente difícil, há esperança. E às vezes essa esperança vem na forma de um garotinho, armado com uma trupe de marionetes – um príncipe, uma menina, um bobo da corte, um crocodilo... O avô de Mika morreu no gueto de Varsóvia, e o menino herdou não apenas o seu grande casaco, mas também um tesouro cheio de segredos. Em um bolso meio escondido, ele encontra uma cabeça de papel machê, um retalho... o príncipe. E um teatro de marionetes seria uma maneira incrível de alegrar o primo que acabou de perder o pai, o menininho que está doente, os vizinhos que moram em um quartinho apertado. Logo o gueto inteiro só fala do mestre das marionetes – até chegar o dia em que Mika é parado por um oficial alemão e empurrado para uma vida obscura. Esta é uma história sobre sobrevivência. Uma jornada épica, que atravessa continentes e gerações, de Varsóvia à Sibéria, e duas vidas que se entrelaçam em meio ao caos da guerra. Porque mesmo em tempo de guerra existe esperança.


Resenha: Cada trecho desse livro é emocionante, me senti tão conectada com a historia que ele me marcou por um tempo, adoro livros assim, que nós marcam! 
Uma historia intensa sobre a amizade de um menino Judeu e um soldado Alemão em tempos da Segunda Guerra Mundial e sobre um simples fantoche que mudou a vida de ambos


"Para mim a esperança é algo muito mais perigoso que o desespero. Ela me devora por dentro como aquelas feridas infeccionadas que nunca saram nesse frio maldito"



Nenhum comentário:

Postar um comentário